You are currently browsing the monthly archive for fevereiro 2009.

Se um dia meu coração for consultado
Para saber se andou errado
Será difícil negar

Meu coração tem mania de amor
Amor não é fácil de achar
A marca dos meus desenganos ficou, ficou
Só um amor pode apagar

Porém (ai, porém)
Há um caso diferente que marcou num breve tempo
Meu coração para sempre
Era dia de carnaval

Carregava uma tristeza
Não pensava em outro amor
Quando alguém que não me lembro anunciou:
Portela! Portela!
O samba trazendo alvorada
Meu coração conquistou

Foi um rio que passou em minha vida – Paulinho da Viola

Uma homenagem singela à minha amada Portela, que não ganhou, mas ficou em 3º lugar e sempre faz meu coração bater apertado e me arranca lágrimas dos olhos. Paulinho da Viola e Velha Guarda da Portela sempre conseguem me emocionar (muito) e foi uma das melhores coisas que meu pai me ensinou a amar. =)

Anúncios

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

Paciência – Lenine

Por ‘sugestão’ da minha amada amiga Xelly, que esteve ao meu lado nessa semana tão difícil e decisiva na minha vida, que me deu apoio incondicional e que me mostrou que apesar de tudo ‘a vida não para’. E curiosamente, tudo que eu temia, tudo que me apavorava, tudo que me fazia sofrer, acabou entrando nos eixos tão bem, tão de repente, que eu não consigo nem entender, mas que de uma maneira ou de outra está me fazendo muito feliz.

Obrigada Xelly e Taceano, por segurarem minhas pontas tão bem quanto seguraram, obrigado Thi por ter acreditado em mim e por ter me estendido a mão pra eu sair desse torpor. Eu amo muito vocês.

Tantas mentiras e no fim
Faltava só uma palavra
Faltava quase sempre um sim
Agora já não falta nada
Eu não quis, te fazer infeliz
Não quis…. Por tanto não querer, talvez fiz…

Partir, andar (Herbert Viana) – Zélia Duncan e Herbert Viana

Porque às vezes, sem perceber, a gente magoa e faz infeliz as pessoas que a gente mais ama…

Alma, daqui do lado de fora
Nenhuma forma de trauma sobrevive.
Abra a sua válvula agora

Alma (Pepeu Gomes e Arnaldo Antunes) – Zélia Duncan

Sadness!!! Strong!!! Tentando me convencer de que vai tudo ficar melhor.

Antigamente eu vivia de verdade
Agora estou aqui, tão só
Coberta pelo pó
Ela dizia que não ia me esquecer

Antigamente – Sandra Peres e Paulo Tatit

Sem muito o que dizer, apenas muito triste… A pior coisa é ver uma pessoa a quem dedicamos nosso amor e amizade incondicional seguir em frente sem você fazer mais parte da vida dessa pessoa.

Eu ando tão down
E acho até natural
Quando a noite vem
Só você não vem prá mim

Down (Vanessa Rangel) – Vanessa Rangel

É o inferno-astral veio com força total. Vários cheques pré-datados descontados antes da hora, clonagem do meu cartão e um resto de fevereiro sem um puto no bolso. Mas é isso aí, vamos que vamos, porque a vida anda bem rústica, e até o dia 05 de março a tendência é não melhorar – hehehe… =D

As coisas não precisam de você
Quem disse que eu
Tinha que precisar
As luzes brilham no Vidigal
E não precisam de você…

Virgem – (Marina Lima e Antônio Cícero) – Marina Lima (porque na minha época ela era só Marina mesmo… =D )

Sem nenhum motivo específico, mas essa música grudou na minha cabeça hoje de um jeito, que não sai por nada que eu tente… =D

Um belo dia resolvi mudar
E fazer tudo o que eu queria fazer

Agora Só Falta Você (Rita Lee e Luiz Sérgio) – mas eu gosto bem mais na voz da incrível Maria Rita… ;)

Porque hoje acordei com a certeza que é o início de uma era de mudanças. Gradativamente as pessoas perceberão… =D

Se alguém perguntar por mim
Diz que fui por aí
Levando um violão debaixo do braço

Diz que fui por aí (Zé Keti / Hortêncio Rocha) – Fernanda Takai

Sabe aquelas épocas em que você não anda querendo muito papo? Nem falar ao telefone, tampouco msn/gtalk… No máximo ver as pessoas ao vivo, dar um abraço apertado e sentir verdadeiramente a troca de carinhos. Pois é, ando assim ultimamente. =]

Tô bem, de verdade. Só tô numa fase meio ostrinha. Mas logo mais passa… ;)

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊