You are currently browsing the monthly archive for março 2009.

Eu não sei o que vi aqui
Eu não sei prá onde ir
Eu não sei porque moro ali
Eu não sei porque estou

Eu não sei prá onde a gente vai
Andando pelo mundo
Eu não sei prá onde o mundo vai
Nesse breu vou sem rumo

Onde ir – Vanessa da Mata

Sem muito mais o que dizer, não sei pra onde ir, não sei porque estou, não sei pra onde vou…

Anúncios

Eu tento me erguer
Às próprias custas
E caio sempre nos seus braços
Um pobre diabo é o que sou…

(…)

Meu sorriso se foi
Minha canção também
Eu jurei por Deus
Não morrer por amor
E continuar a viver…

O Girassol (Edgard Scandurra) – Ira!

Afff!!! Tô precisando achar a mola no meu fundo do poço – quero bater lá e voltar pra cima com tudo, mas parece que nesses dias tá bem difícil. A Giselinha que chegaria hoje pra ficar comigo acabou perdendo a conexão na França… Quem sabe ela não chegue amanhã pra ficar comigo, dar e receber carinho… =)

Lamúrias, lamúrias e mais lamúrias… Parece emice, mas é muito mais forte que eu. =(

Não tenho o que dizer
São só palavras
E o que eu sinto
Não mudará

Tudo o que quer me dar
É demais
É pesado
Não há paz

Tudo o que quer de mim
Irreais
Expectativas
Desleais

Boa Sorte / Good Luck – Vanessa da Mata Ben Harper

Não sabendo lidar com todas as coisas que a vida tem me dado (e me tomado) nos últimos tempos. Parece que tudo que as pessoas tem me dado é demais, mas em segundos todas essas coisas se transformam em de menos. É muito complicado lidar com essa dubiedade constante dos meus humores e emoções. Além disso, fico temerosa de estar machucando as pessoas ao meu redor, com tanta melancolia. Meus pais, o Thiago, a Carol, a Xelly, o Wandeko, o Lucas e tantos outros que tem me dado apoio nesse momento tão inconstante que qualquer palavra de carinho e amizade tem um poder imenso.

Ficar sorrindo à toa
Sorrir pra qualquer pessoa
Andar sem rumo na rua
Pra viver e pra ver não é preciso muito
Atenção a lição está em cada gesto
Tá no mar, tá no ar, no brilho dos seus olhos
Eu não quero tudo de uma vez, não
Eu só tenho um simples desejo
Hoje eu só quero que o dia termine bem

Simples Desejo – Luciana Mello

Apesar da suuuuuuuuper enxaqueca, hoje eu não estou disposta a deixar o carrinho da montanha-russa descer a ladeira. Hoje eu quero e vou fazer com que o meu dia termine bem. =)

Eu tô aqui pra dar risada
E pra tirar onda

Felicidade não se empresta
Não se pechincha e não se compra
Eu tô aqui pra fazer festa
E pra tirar onda

Tiro Onda – Jair Oliveira

E vamos deixar o bode de lado (deu pra notar que o carrinho tá na parte de cima da montanha-russa, né!), eu vim aqui pra fazer festa e pra tirar onda, e não pra ficar me lamuriando pelos cantos… =)

Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu pensar em você
Isso me acalma, me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver

Amor, I love you (Carlinhos Brown e Marisa Monte) – Marisa Monte e Arnaldo Antunes

Quatro anos… Parece que foi ontem, parece que é muito mais, mas com certeza é só o começo de um novo ciclo. Thi, te amo!!! Veja bem, eu poderia ter sido brega e postado “eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir, ter você é meu desejo de viver” – hauahauahua.

Os imorais
Falam de nós
Do nosso gosto
Nosso encontro
Da nossa voz

Os imorais
se chocam
por nós
Por nosso brilho
Nosso estilo
Nossos lençóis

Imorais (Zélia Duncan e Christiaan Oyens) – Zélia Duncan

As pessoas às vezes se chocam com certas coisas que são tão relativas, e depende muito do estilo de vida de cada ser humano… Ao passo que tanta gente sendo deixada de lado pela sociedade, tanta injustiça, tanta violência, tanta desigualdade… Falso moralismo é um dos piores males da nossa sociedade… =P

Eu admiro o que não presta
Escravizo quem eu gosto
Eu me não entendo
Eu trago o lixo para dentro.

Tudo Pela Metade (Marisa Monte E Nando Reis) – Marisa Monte

Hoje a montanha-russa está lá embaixo… =(

É uma merda não dar conta de dominar isso tudo… Mas juro que estou tentando dominar essa depressão horrorosa.

Mais um ano que se passa
(…)
Já não tenho a mesma idade
Envelheço na cidade

Essa vida é jogo rápido
Para mim ou prá você
Mais um ano que se passa
Eu não sei o que fazer…

Envelheço na Cidade (Edgard Scandurra) – Ira!

Pois é, cheguei aos 30!!! o.O

Envelhecendo totalmente na cidade… Tomara que esse seja só um marco para que a minha vida mude positivamente e dê a guinada de que eu estou precisando. =D

Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Agora e sempre mais

Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

A Sua – Marisa Monte

Amando intensamente, e mais do que nunca, pensando no meu amor… =)

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊