Rompi tratados
Traí os ritos
Quebrei a lança
Lancei no espaço
Um grito, um desabafo…

E o que me importa
É não estar vencido

Sangue Latino (João Ricardo e Paulinho Mendonça) – Secos e Molhados

Sempre, sempre, sempre, o que importa é não estar (e até mais, não se sentir) vencido. E eu não me sinto, apanhei, apanho, mas ainda estou na batalha. Grito, sofro, me arrebento, mas não tô vencida. Eu tô aqui, pro que der e vier.

Anúncios