É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato, na luz da manhã
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração

Águas de Março – Tom Jobim

Pode parecer heresia, mas eu não gosto da versão dueto do Tom com a Elis. Não gosto daquele final (dá pa dá dum bá). Mas eu acho a letra incrível, genial etc. etc. etc.

E março começou do jeito que tem que ser, e que sempre foi nesses meus quase 31 anos de vida: com muita, muita, muita chuva. Não em qualidade, nada parecido com os temporais de janeiro desse ano, mas em quantidade: sabe aquela garoa chata que insiste em cair o dia todo?! Pois então…

Março é meu mês predileto, não só por ser meu aniversário, mas principalmente por isso. É que, bem ou mal, é em março mesmo que o ano começa de fato, além de ter tanta gente legal e de bem com a vida que também aniversaria no mesmo mês que eu (todos frutos de uma romântica noite de Dia dos Namorados – hehehe). Mas março tá aí, eu amo março, meu aniversário é no fim da semana, e esse meu novo ano que começa na sexta-feira promete ser muitíssimo melhor que 2009, que não vai deixar saudades. =)

Bom, depois de março o verão acaba e espero, verdadeiramente, que o calorão insuportável que nos assola seja mais ameno no outono. Vamos que vamos…

Anúncios