Tenho pena de quem chora
De quem chora tenho dó
Quando o choro de quem chora
Não é choro, é chororô
Quando uma pessoa chora seu choro baixinho
De lágrima a correr pelo cantinho do olhar
Não se pode duvidar
Da razão daquela dor
Não se pode atrapalhar
Sentindo seja o que for
Mas quando a pessoa chora o choro em desatino
Batendo pino como quem vai se arrebentar
Aí, penso que é melhor
Ajudar aquela dor
A encontrar o seu lugar
No meio do chororô

Tenho Pena de Quem Chora – Gilberto Gil

Sabe aqueles dias em que uma coisa idiota faz você desabar em lágrimas?! Pois é, meu carro quebrou de novo – quebrou sexta, quebrou sábado, quebrou ontem e quebrou hoje. E isso, apenas isso, foi motivo pra eu chegar em casa e desabar no choro. Tem dia que é foda, a gente tá sensível e aí tudo que quer é que a vida caminhe nos eixos e mais nada, e uma simples derrapadinha te tira totalmente do eixo.

Anúncios