You are currently browsing the monthly archive for setembro 2010.

Às vezes te odeio por quase um segundo
Depois te amo mais
Teus pêlos, teu gosto, teu rosto, tudo
Tudo que não me deixa em paz

Quase um segundo (Herbert Vianna) – Paralamas do Sucesso

Vida de casado é assim, né! E nem me fazendo de vítima não, porque acho que o sentimento deve ser recíproco do outro lado. Mas é que às vezes vamos aguentando coisas, coisas e mais coisas em nome do amor que sentimos e aí pensamos: ah, nem vou reclamar por conta disso, é bobeira…

Só que aí o tempo vai passando e uma sucessão de coisas pequenas vão começando a encher o saco e se transformar em algo bem grande e num fardo tão difícil de carregar… E, de repente, uma coisa realmente pequena faz o copo transbordar. Aí fodeu!!! A gente quer esganar, trucidar, matar de uma maneira lenta e dolorida. Aí vem o momento de jogar na cara, berrar, cutucar feridas e, eis que uma palavra dita de volta te desarma e você vê que, fato, o amor é maior que muita bobeirinha… <3

Olhos pra te rever
Boca pra te provar
Noites pra te perder
Mapas pra te encontrar
Fotos pra te reter
Luas pra te esperar
Voz pra te convencer
Ruas pra te avistar
Calma pra te entender
Verbos pra te acionar
Luz pra te esclarecer
Sonhos pra te acordar
Taras pra te morder
Cartas pra te selar
Sexo pra estremecer
Contos pra te encantar

Verbos Sujeitos (Christiaan Oyens e Zélia Duncan) – Zélia Duncan

Verbos sujeitos é incrível, como quase tudo que a Zélia Duncan faz… E é incrível como sempre que a ouço tenho vontade de por eternamente no repeat. Além disso eu consigo me ver como o sujeito de cada uma das frases da letra, me vejo agindo em cada uma delas e acho que isso faz com eu ame a música ainda mais.

É uma declaração de amor linda e moderna. Com uma pegada de “amor é fogo que arde sem se ver”, mas muito mais direto ao ponto, indo no X da questão, sem deixar margens pra interpretações erradas. Por isso, que cada um que leia esse post e esteja apaixonado, faça uso dos versos e exercite todas as ações citadas para se deixar ainda mais pelo amor… <3

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊