Vieste a hora e a tempo
Soltando meus barcos e velas ao vento
Vieste me dando alento
Me olhando por dentro, velando por mim

Vieste de olhos fechados num dia marcado
Sagrado prá mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens, prá dentro de mim

Vieste (Ivan Lins e Vitor Martins) – Ivan Lins

Nossa, eu tenho uns 6 posts começados nesse mais de um mês que fiquei sem postar, mas me faltou tempo para dissertar um pouco sobre a música que escolhi e aí que eles iam ficando assim, sendo apenas rascunhos… Mas hoje tomei coragem e vim que vim.

Essa música é linda, né! E eu tô aqui toda saudosa, sentindo muita falta do Thi. Ele foi pra Brasília na semana passada, voltou domingo e na terça já embarcou pra Los Angeles e lá fica até domingo. A tia dele até brincou que nosso casamento vai durar muito, já que nem sobra tempo pra brigar – hehehe.

Vieste é uma luva para nós dois, de seu primeiro ao último verso. Ele chegou na minha vida num momento muito providencial e foi imprescindível no desenrolar de muita coisa que aconteceu depois daquele maio de 2005. E ele chegou, mesmo, com a cara e a coragem pra dentro de mim, definitivamente. Meu grande amigo e confidente acima de tudo. Poucos tem o privilégio de ter um companheiro no sentido mais pleno da palavra. Vejo que ele não faz nenhum tipo de esforços para me fazer feliz, ir atrás de algo que sabe que vai me agradar, e mesmo os favores pequenos do dia-a-dia. Tenho que me sentir muito grata a todos os deuses por terem me reservado uma pessoa tão especial para fazer parte do meu destino.E são por todos esses motivos e mais tantos outros que jamais poderão ser expressos em palavras que eu posso dizer com toda a força que eu amo muito o Thiago. <3

Anúncios