Felicidade é uma cidade pequenina
É uma casinha é uma colina
Qualquer lugar que se ilumina
Quando a gente quer amar

Pão e Poesia – Moraes Moreira

Ah, como eu gosto de Moraes Moreira (e Novos Baianos), acho que é tudo culpa do meu pai, que sempre botou pra ouvir a música deles desde que eu era bebê. E essa aí é um primor, né! Eu escolhi essa hoje porque tô num desses dias em que acho que a gente deve perceber a felicidade que vai se descortinando na nossa vida nas coisas menores no dia a dia. Uma coisa meio que como a frase de Gandhi que diz que “não há caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho”. Porque ela não pode ser a meta, ela tem que ser o dia a dia, a coisa que você constrói, os seus atos. Algo que você faz e recebe em troca um sorriso, um abraço, um beijo, qualquer coisa que vai aquecer seu coração e te encher de paz e de te fazer feliz, naquele momento específico. E dependendo de como você é, esse momento pode se repetir mais e mais e mais. Cabe a você. Tem muita coisa externa que vai interferir, te tirar do prumo, deixar você pra baixo, mas o poder de dar uma pollyannada é só seu e às vezes isso faz um bem danado.

PS: Hoje vai sem link, porque eu cacei internet afora e só achei a versão da Simone, ouvi e não gostei e eu queria compartilhar a do Moraes Moreira mesmo, que é mais calminha, gostosinha, assim como a música pede. :)

365/20

Anúncios