Mas iremos achar o tom
Um acorde com lindo som
E fazer com que fique bom
O utra vez o nosso cantar
E a gente vai ser feliz
Olha nós outra vez no ar
O show tem que continuar

O show tem que continuar (Arlindo Cruz/Sombrinha/Luiz Carlos da Vila) – Fundo de Quintal

Minhas suspeitas confirmadas, minha Portela mais uma vez permanece na fila, mas ao menos ganhou a Vila Isabel que fez um desfile lindíssimo e fechou com chave de ouro o segundo dia. A Portela é super tradicionalista, tem um virtuosismo que apaixona, mas que muitas vezes a prejudica, porque é difícil lutar sem armas num cenário onde os adversários vem armados até os dentes. Desfiles cada vez mais luxuosos, com efeitos e defeitos especiais, acabam ofuscando o que deveria ser exaltado, que é o samba, a beleza de uma comunidade se unindo por um objetivo comum. O Carnaval há muito tempo virou uma máquina de dinheiro, onde o samba em si, e as tradições foram renegados e estão em segundo plano.

A única coisa que me deixa feliz é que ganhou um samba muito bonito, de uma escola que tem história e comunidade envolvida, e não os fru-frus e efeitos do Paulo Barros, que encanta principalmente aqueles que não se importam com o verdadeiro espírito carnavalesco. Parabéns, Vila Isabel! E Portela, vamos em frente, focados nesse samba de Arlindo Cruz, porque o show tem que continuar mesmo, e logo mais a gente acha o tom. ;)

365/39

Anúncios