casais

Nem assaz alhures e antanho
Era um evento tamanho
A sagração nupcial
Vinha a noiva de gargantilha
Caçoleta e rendilha
Diadema e torçal

Opereta do Casamento (Chico Buarque e Edu Lobo) – Coro

Ainda estou curtindo os momentos de ontem, revivendo, relembrando. O casamento da Mayara e do Renan foi o mais legal que já fui – depois do meu, é claro (hehehe). Tudo muito gostoso, leve, divertido, com a cara dos noivos, sem fazer coisas pra agradar aos outros e fugir da essência deles. Sempre acho que os protagonistas são os noivos mesmo, e é pra eles que a festa tem que ser gostosa (porque se estiver sendo bom pra eles, isso acaba se refletindo nos convidados e todo mundo curte junto). E assim foi o casamento deles. A Mayara não saiu da pista, dançou horrores, aproveitou cada segundo e isso fez com que a festa fosse deliciosa, do início ao fim.

Por sinal, eu, Mayara e Vanessa fomos responsáveis por fechar a pista. Quando olhamos pro lado, só tinha a gente dançando e só a gente no salão. E quando você mal nota que a festa “acabou” é porque ela tava realmente boa. Thi fez as vezes de padrinho e foi o responsável por arrecadar a grana da gravata. Nós amamos fazer parte desse momento, sermos padrinhos e compartilhar ao lado deles esse momento tão especial da vida dos dois.

E como seremos vizinhos, é agora que a festa começa. ;)

Parabéns Mayara e Renan, pelo casamento, pelo casal sensacional que são e pela festa deliciosa que nos proporcionaram. <3

Anúncios