You are currently browsing the tag archive for the ‘aniversário’ tag.

Já senti saudade
Já fiz muita coisa errada

Bom Senso (Tim Maia) – Social Samba Fino

Há duas semanas, o Silêncio e Som completou dois anos, e como eu estava no Rio no dia deixei para fazer o post quando chegasse em São Paulo e, por isso, o post não saiu na data… =)

Aí rolou que o Thi chegou de viagem e eu não postei quando cheguei em São Paulo. E no dia seguinte teve aniversário da Lana e da Raíssa, o post tinha que ser delas, né! Por isso, acabei deixando a celebração para depois. Só que então, o Thi ficou super doente, intoxicado por salmonela e quase me matou de susto. Aí fiquei uma semana totalmente voltada para ele, e agora sim, estou podendo focar no blog de novo e vim aqui, enfim, fazer o post de aniversário.

Acho que o segundo ano editorial do Silêncio e Som foi bem melhor, com bem mais posts, mais acessos etc. etc. etc. do que o primeiro e assim espero que seja com o terceiro, o quarto e o quinto. Hoje estou aqui clamando por algo que nunca é demais: bom senso. Esse ingrediente que volta e meia falta em cada um de nós e falta em demasia na receita do ser humano. E que os próximos anos do blog tenham sempre bom senso, acompanhados de bom gosto, boa música e boas reflexões e histórias para contar.

E de quebra, vim mostar o trabalho desse grupo, Social Samba Fino, que vem feito muita coisa legal, misturando diversos estilos musicais e fazendo um som muito gostoso de ouvir. Vale muito a pena conferir, eles já gravaram Chico Buarque, Los Hermanos e Jorge Ben (que pra mim nunca terá o “jor” no final… =D). É uma música de qualidade e que merece a atenção de quem curte samba e música brasileira como um todo.

Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Ou nada sei

Tocando em frente – Almir Sater e Renato Teixeira

Gente, o tempo passa voando, né! Esse bloguinho aqui, sem maiores pretensões, acaba de completar 1 ano. Muitos momentos parados, onde passei por alguns perrengues na vida, no trabalho e tudo mais. E com esse completamos 50 posts nesse humilde mensageiro musical.

E apesar de esse ano de julho de 2008 a julho de 2009 ter sido uns dos mais turbulentos da minha vida, foi também um ano de grande aprendizagem. De dor, mas de alegria. De bater a cabeça, mas de conhecer coisas novas. De ficar doente, mas de me curar. E a ideia é que agora, depois de tanta coisa que enfrentei, é que eu consiga atualizar o Silêncio e Som mais e mais. E que assim seja por muitos outros anos. =)

Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu pensar em você
Isso me acalma, me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver

Amor, I love you (Carlinhos Brown e Marisa Monte) – Marisa Monte e Arnaldo Antunes

Quatro anos… Parece que foi ontem, parece que é muito mais, mas com certeza é só o começo de um novo ciclo. Thi, te amo!!! Veja bem, eu poderia ter sido brega e postado “eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir, ter você é meu desejo de viver” – hauahauahua.

Mais um ano que se passa
(…)
Já não tenho a mesma idade
Envelheço na cidade

Essa vida é jogo rápido
Para mim ou prá você
Mais um ano que se passa
Eu não sei o que fazer…

Envelheço na Cidade (Edgard Scandurra) – Ira!

Pois é, cheguei aos 30!!! o.O

Envelhecendo totalmente na cidade… Tomara que esse seja só um marco para que a minha vida mude positivamente e dê a guinada de que eu estou precisando. =D

Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as Índias mas a Terra avisto em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário
Estranho é gostar tanto do seu All Star azul
Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras
Satisfeito, sorri
Quando chego ali
E entro no elevador
Aperto o doze que é o seu andar
Não vejo a hora de te encontrar
E continuar aquela conversa

All Star – Nando Reis (mas na interpretação da Cássia Eller)

Porque hoje é aniversário dele, porque ele tá fazendo 25 anos, porque eu o amo muito e mesmo assim tô aqui trabalhando como uma camela e não posso estar curtindo esse dia com ele e porque sem ele a minha vida não seria a mesma. Parabéns, minha vida!!!

O meu verso dá pulo e cambalhotas
Quando te vê, porque você
É o meu único e definitivo poema

Cambalhotas – Alceu Valença

Parabéns meu Mar, FELIZ ANIVERSÁRIO. Feliz 25 anos. Eu tô sempre aqui, sempre, sempre, sempre!!!

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊