You are currently browsing the tag archive for the ‘Dado Villa-Lobos’ tag.

Já estou cheio de me sentir vazio
Meu corpo é quente e estou sentindo frio
Todo mundo sabe e ninguém quer mais saber
Afinal, amar o próximo é tão demodé

Baader-Meinhof Blues (Dado Villa-lobos/ Renato Russo / Marcelo Bonfá) – Legião Urbana

O tempo começou a virar em São Paulo ontem e hoje decidiu virar totalmente… Além daquela chuva fina, que não ata e nem desata e que não para de cair desde ontem, a temperatura despencou, o que me fez adiar por quatro horas o momento de sair da cama…

Sério, a maior vantagem de trabalhar em casa é ter sempre ao meu dispôr uma cama quentinha, com edredon e a barriguinha ainda mais quentinha da Pepper e um abraço aconchegante do Thi. E por isso, apesar desse frio chatolino e do tempo horroroso, é que eu não tenho do que reclamar… <3

Anúncios

Desenho toda a calçada
Acaba o giz, tem tijolo de construção
Eu rabisco o sol que a chuva apagou

Giz (Renato Russo / Dado Villa-Lobos / Marcelo Bonfá) – Legião Urbana

Uma vez li uma entrevista do Renato Russo dizendo que essa era a música da Legião que ele mais gostava, e fiquei toda pimpona, porque é também a minha preferida, verso por verso. Acho a letra todinha perfeita.

Mas o trecho selecionado tem muito a ver com o atual momento. Parece que as coisas insistem em desabar (literalmente) em cima de mim, só que eu, teimosa que sou, não me conformo em ficar soterrada. Retiro os entulhos e vou seguindo em frente, sempre! Tô sempre disposta a rabiscar o sol que a chuva apagar, sempre, sempre, sempre e sempre. Conformismo não é um ingrediente que está na minha receita.

Anúncios