You are currently browsing the tag archive for the ‘Marisa Monte’ tag.

O cérebro eletrônico faz tudo
Faz quase tudo
Faz quase tudo
Mas ele é mudo

O cérebro eletrônico comanda
Manda e desmanda
Ele é quem manda
Mas ele não anda

Só eu posso pensar
Se Deus existe
Só eu
Só eu posso chorar
Quando estou triste
Só eu
Eu cá com meus botões
De carne e osso
Eu falo e ouço. Hum

Eu penso e posso
Eu posso decidir
Se vivo ou morro por que
Porque sou vivo
Vivo pra cachorro e sei
Que cérebro eletrônico nenhum me dá socorro
No meu caminho inevitável para a morte
Porque sou vivo
Sou muito vivo e sei

Que a morte é nosso impulso primitivo e sei
Que cérebro eletrônico nenhum me dá socorro
Com seus botões de ferro e seus
Olhos de vidro

Cérebro eletrônico (Gilberto Gil) – Marisa Monte

Quem me acompanha pelo Teia de Renda sabe que eu tô “sem” note. Por isso estou funcionando sem meu cérebro eletrônico e por conta disso estou completamente atrasada com meu cronograma de postagem. Mas pelo que vimos o Deal Extreme já postou minha nova fonte e em duas semanas devo voltar ao ritmo normal. E que assim seja… ;)

365/42

Anúncios

Vem pra minha ala
Que hoje a nossa escola vai desfilar
Vem fazer história
Que hoje é dia de glória nesse lugar
Vem comemorar
Escandalizar ninguém
Vem me namorar
Vou te namorar também
Vamos pra avenida
Desfilar a vida
Carnavalizar

A Portela tem Mocidade
Imperatriz
No Império tem
Uma Vila tão feliz
Beija-Flor vem ver
A porta-bandeira
Na Mangueira tem morena da Tradição

Sinto a batucada se aproximar
Estou ensaiado para te tocar
Repique tocou
O surdo escutou
E o meu corassamborim
Cuíca gemeu
Será que era eu
Quando ela passou por mim

Carnavália (Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Marisa Monte)- Tribalistas

Começou o Carnaval, época que eu amo, uma festa que os brasileiros se apropriaram e tomaram pra si e a tornaram muito características do nosso povo e por isso hoje tem a nossa cara. Com seu jeito próprio em cada canto do Brasil. E que venha a festa e que ela seja cada vez mais linda e que, ao menos em São Paulo, seja mais limpa e menos sórdida do que foi em 2012.

E para brindar essa época, uma música dos Tribalistas que está entre as minhas prediletas do trio. E que venha a festa e que nos renove de energia para o ano que começa, na prática, na semana que vem… ;)

365/33

Para saber a resposta: vide-o-verso
Para escolher a compota: Jundiaí
Para a menina que engorda: hipofagin
Para a comida das orcas: krill

Para o telefone que toca
Para a água lá na poça
Para a mesa que vai ser posta
Para você, o que você gosta:
Diariamente.

Diariamente (Nando Reis) – Marisa Monte

Essa música do Nando Reis e eternizada na deliciosa voz da Marisa Monte é fofa e tem um clipe mais fofo ainda, que eu me senti na obrigação de partilhar com vocês. E pra mim ela é toda gostosinha e fecha com uma frase brilhante: “para você, o que você gosta: diariamente”. Isso porque, se tivermos doses diárias daquilo que gostamos e amamos, tudo fica muito mais fácil de ser encarado. :)

365/32

Flores que ofertamos
e que nunca morrerão
em vasos e jarros se bronzeiam
Os anjos de onde vem
sua vida
bem-vinda
a trilha
Os livros não são sinceros
Quem tem Deus como império
No mundo não está sozinho
Ouvindo sininhos

Magamalabares (Carlinhos Brown) – Marisa Monte

Dia corrido, mas dia feliz em que as coisas parecem estar correndo bem e se encaminhando. E lá vai o ano, correndo na velocidade da luz e deixando seu primeiro mês para trás. E vamos ofertando flores que tomarão sol em outros vasos para perpetuar suas vidas e partilhando a vida, para que ela seja mais leve, feliz, divertida e gostosa de ser vivida. <3

365/22

Hoje eu quero apenas
Uma pausa de mil compassos
Para ver as meninas
E nada mais nos braços
Só este amor
Assim descontraído

Para ver as meninas (Paulinho da Viola)- Marisa Monte (na voz do Paulinho também é incrível, mas eu gosto mais com a Marisa cantando)

Hoje, 27 de julho é aniversário das minhas primas, Lana e Raíssa: amadíssimas, filhotinhas que aguçaram meu instinto maternal. Lindas! E tão mocinhas, que hoje completam 11 anos e cada vez mais reforçam aos nossos olhos que, por mais que sejam idênticas fisicamente, são duas pessoas muito diferentes com gostos, personalidades e desejos totalmente distintos.

A elas desejo a cada dia da minha vida o melhor que se pode querer a alguém, e que sejam felizes, bem sucedidas em qualquer caminho que trilharem e que continuem sempre sendo essas duas pessoas incríveis que me fizeram amá-las desde o primeiro momento em que botei os olhos nelas.

Parabéns minhas lindas!!! Amo vocês demais…

Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz
Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem

A Sua – Marisa Monte

Ontem levei o Thi no aeroporto rumo a Los Angeles – e daqui uns dias ele embarca pra San Diego pra cobrir a Comic-Con. E até dia 28 eu estou aqui, solita, com muitos sintomas de saudade e, como sempre, pensando nele. Ao menos ele me manda umas 20 sms por dia e comprou um estoque anual de Oreos pra mim.

A única coisa boa de sentir saudade é que o reencontro é sempre sensacional, né! Contagem regressiva pra volta dele. <3

Chocolate! Chocolate! Chocolate!
Eu só quero chocolate
Só quero chocolate
Não adianta vir com guaraná
Prá mim é chocolate
O que eu quero beber…
Não quero chá
Não quero café
Não quero coca-cola
Me liguei no chocolate
Só quero chocolate
Não adianta vir com guaraná
Pra mim é chocolate
Que eu quero beber…

Chocolate – Tim Maia (mas na voz da Marisa Monte também é muito bom, né)

Que melhor música pra posta no feriado de Páscoa, né! Ainda mais se tratando de mim: chocólatra de carteirinha. Por conta dessa overdose açucarada e cacaueira que faz crianças e gordinhos safados de todas as gerações e idades mais e mais felizes!!!

Sem dúvida nenhuma, essa foi a melhor herança que os povos americanos pré-colombianos nos legaram. E só por conta disso sou uma pessoa que sempre terei admiração e gratidão aos Astecas. Porque ontem, hoje, amanhã e depois, eu só quero chocolate. Então as dietas que se lasquem, nos joguemos nessas delícias sem dó ou piedade e que deixemos pra pensar em espinhas ou calorias só depois que os quilos de chocolates que ganharmos acabarem!!! \o/

Solidão, palavra
Cavada no coração
Resignado e mudo
No compasso da desilusão…

Viu!
Desilusão, desilusão
Danço eu, dança você
Na dança da solidão

Dança da Solidão – Paulinho da Viola (mas na voz da Marisa Monte também é uma delícia)

Dizem que o pior tipo de solidão é aquele que você sente quando está no meio de uma multidão. Voilá! Essa sou eu hoje: milhares e milhares de pessoas ao meu redor e eu me sentindo a mais solitária das criaturas. Mas é isso, logo mais aparece um rouxinol e eu fico bem novamente… =)

Só eu posso pensar
Se Deus existe
Só eu
Só eu posso chorar
Quando estou triste
Só eu

Eu cá com meus botões
De carne e osso
Eu falo e ouço.
Eu penso e posso

Cérebro Eletrônico – Gilberto Gil (mas na voz da Maria Monte também é ótimo)

Eu resolvi postar essa música hoje, porque além de amá-la profundamente, ela vai virar hype a partir de hoje porque estará na trilha da novela nova, e como eu já curto muito pré-modinha achei que ela merecia seu espaço aqui.

Além disso, a música é sensacional e tem uma puta mensagem, meio 1984, pra gente refletir… O Gil compôs essa música na década de 1970 se não me engano e, pô, ele já criticava essa postura de endeusamento da tecnologia.

Eu sou uma pessoa que ama ter nascido na época que nasci, e gosto de usufruir de todo o conforto que a tecnologia e seus avanços me trazem, porém, há muitas coisas nessa vida que nenhum “cérebro eletrônico” vai poder fazer por nós. Amar, rir, chorar, se emocionar com uma música, filme ou poesia etc. etc. etc. Por isso, acho bem legal a gente pensar nisso, por mais que a tecnologia nos abra muitas portas, vai ter muito lugar onde ela nunca vai ser capaz de chegar.

Venha pra cá, venha comigo!
A hora é pra já, não é proibido.
Vou te contar: tá divertido,
Pode chegar!
Vai ser nesse fim de semana
Manda um e-mail para a Julia Ramil Joana vir

Não É Proibido – Marisa Monte

Meu, porque hoje o sol me fez acordar feliz, e porque eu tô transpirando felicidade e animação. E cada vez mais acho que nada tem que ser proibido, a gente tem que fazer o que tem vontade, apenas basta ter bom senso para não sair ferindo os outros por aí.

E eu simplesmente amo essa música (é o toque do meu celular) e acabei de descobrir que a Ju escolheu essa música pra formatura dela e adorei. Aí, não teve jeito, tive que vir aqui postar.

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊