You are currently browsing the tag archive for the ‘Paralamas do Sucesso’ tag.

Às vezes te odeio por quase um segundo
Depois te amo mais
Teus pêlos, teu gosto, teu rosto, tudo
Tudo que não me deixa em paz

Quase um segundo (Herbert Vianna) – Paralamas do Sucesso

Vida de casado é assim, né! E nem me fazendo de vítima não, porque acho que o sentimento deve ser recíproco do outro lado. Mas é que às vezes vamos aguentando coisas, coisas e mais coisas em nome do amor que sentimos e aí pensamos: ah, nem vou reclamar por conta disso, é bobeira…

Só que aí o tempo vai passando e uma sucessão de coisas pequenas vão começando a encher o saco e se transformar em algo bem grande e num fardo tão difícil de carregar… E, de repente, uma coisa realmente pequena faz o copo transbordar. Aí fodeu!!! A gente quer esganar, trucidar, matar de uma maneira lenta e dolorida. Aí vem o momento de jogar na cara, berrar, cutucar feridas e, eis que uma palavra dita de volta te desarma e você vê que, fato, o amor é maior que muita bobeirinha… <3

O céu de Ícaro tem mais poesia que o de Galileu
E lendo teus bilhetes, eu penso no que fiz
Querendo ver o mais distante, sem saber voar
Desprezando as asas que você me deu

Tendo a lua, aquela gravidade aonde o homem flutua
Merecia a visita não de militares,
Mas de bailarinos
E de você e eu

Tendo a Lua (Herbert Vianna e Tet Tillett) – Paralamas do Sucesso

Precisamos disso mais do que tudo na vida. Pra que ela tenha beleza, graça e leveza. Enxergar a poesia nas coisas mais mínimas e perceber que o céu de Ícaro é infinitamente mais encantador que o de Galileu. É uma lua linda e mística que faz, desde sempre, com que casais enamorados fiquem cada vez mais apaixonados, é sua beleza e não suas condições físicas, geográficas e geológicas. Não é a Lua que os americanos pisaram que nos encanta, mas sim a Lua que está aí brilhando desde o começo dos tempos.

Ver as coisas com poesia faz nossa vida correr tão mais macia, faz termos borboletas na barriga, faz nos apaixonarmos e reapaixonarmos sempre pela mesma pessoa. Ceticismo, lógica e ciência são imprescindíveis, mas sozinhos acabam tornando a nossa vida extremamente árida. Então, nunca deixem a poesia fugir de vocês…

Vai sempre ter alguém
Com mais dinheiro, mais respeito
Mais ou menos tudo o que se pode ter
Vai sempre sobrar, faltar
Alguma coisa, somos imperfeitos
E o que falta cega p’ro que já se tem
Eu não te completo
E você não me basta
Mas é lindo o gesto de se oferecer
O que eu quero nem sempre eu preciso
Mas dê um sorriso quando me entender
Seja você
Seja só você

Seja Você – Paralamas do Sucesso

É assim mesmo, sempre tem gente com mais, muito mais do que você, em tudo. E também sempre tem gente com menos, muito menos. Cabe a nós decidir se vamos seguir em frente curtindo a nossa vida, as nossas coisas, o nosso momento ou sempre ficar olhando pra grama mais verdinha do vizinho.

Eu já sofri nessa vida almejando ser e ter coisas que não tinham nada a ver comigo, e custou muito, muito aprender a valorizar a mim mesma. Acho que dos meus 31 anos, uns bons 25 eu passei sempre querendo algo diferente de mim, e por mais que eu corresse atrás de conseguir as coisas, parecia que nunca estava satisfeita com o que eu tinha e com o que eu era. Aí uma hora eu parei e me perguntei: mas pra quê?

E ó, sou totalmente anti ficar fazendo a Pollyanna, porque é claro que a gente tem que correr atrás dos nossos sonhos, de melhorar, de seguir em frente, mas o importante mesmo é desfrutar de cada momento, porque ele é seu e depois que passar, não há como voltar atrás e refazer. Sua vida às vezes é tão legal, só que você tá míope e não tá percebendo, por isso, apure a sua visão e curta seu momento. =)

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊