You are currently browsing the tag archive for the ‘trecho do dia’ tag.

Olha
Será que ela é moça
Será que ela é triste
Será que é o contrário
Será que é pintura
O rosto da atriz
Se ela dança no sétimo céu
Se ela acredita que é outro país
E se ela só decora o seu papel
E se eu pudesse entrar na sua vida

Beatriz (Edu Lobo e Chico Buarque) – Milton Nascimento

No primeiro post que eu fiz aqui no Silêncio e Som, eu citei o Trecho do Dia, blog da querida Bia Porfírio e que me serviu de inspiração pra criar esse.

E no meu post de ontem, do Sete Cenas de Imyra, a Bia disse que queria ter uma história “nomial” que nem a minha, e eu falei que ela deveria falar por aí que o dela foi inspirado na música Beatriz do Chico Buarque e Edu Lobo, e por isso, o post de hoje vai pra ela.

Lembrando que Beatriz está entre os nomes com o significado mais lindo que eu conheço – que quer dizer, aquela que faz os outros feliz.

Quando tinha 15 anos dancei um solo com essa música, que foi, certamente uma das coreografias mais lindas que já encenei e já vi. Foi montado pela Ana Lúcia Evans e era profundamente tocante… <3

Anúncios

Esse blog foi inspirado em um outro, chamado Trecho do Dia que é da Bia Porfírio, uma amiga virtual minha. Eu, como bailarina (apesar de estar sem dançar há 3 anos, sei que a dança está marcada na minha alma, e por isso, apesar da atual forma arredondada, me considero sempre bailarina), tenho a música intimamente presente em minha vida. Sempre tenho uma música pra me lembrar aquele momento específico, desde pequena sempre ouvi muita coisa (pois meu pai tem a mesma paixão que eu). Meu nome foi tirado de uma música, quando minha mãe estava grávida meu pai colocava músicas pra eu escutar, sempre me ninou ao som de muita MPB e assim fui levando a vida, certa de que só não virei cantora, porque Deus, definitivamente não me deu esse dom…

Portanto, minha idéia é postar sempre aqui uma música (ou trecho) que tenha a ver com aquele meu momento e dar uma explicação básica (ou não!), praticamente twittada do porquê daquela música estar aqui naquele momento. Hoje, obviamente o trecho inaugural é justamente o que dá nome ao blog:

Nós somos medo e desejo,
Somos feitos de silêncio e som,
Tem certas coisas que eu não sei dizer…

Certas Coisas (Lulu Santos e Nelson Motta) – Lulu Santos

Essa música é toda linda, e esse trecho acho muito emblemático, porque pra mim é um pouco do porque o ser humano desde sempre ter produzido sons musicais, o homem precisa da música pra alcançar algo que apenas com as palavras ele não é capaz de expressar. Além do que, esse também é o nome do grupo vocal de uma amiga especialíssima minha, a Xelly, minha flor do juazeiro – que chegou até a minha vida através da música (mas essa já é uma história para um outro post!).

Espero que curtam a proposta e se divirtam com os meus pitacos e devaneios musicais.

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊