You are currently browsing the tag archive for the ‘xelly’ tag.

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

Paciência – Lenine

Por ‘sugestão’ da minha amada amiga Xelly, que esteve ao meu lado nessa semana tão difícil e decisiva na minha vida, que me deu apoio incondicional e que me mostrou que apesar de tudo ‘a vida não para’. E curiosamente, tudo que eu temia, tudo que me apavorava, tudo que me fazia sofrer, acabou entrando nos eixos tão bem, tão de repente, que eu não consigo nem entender, mas que de uma maneira ou de outra está me fazendo muito feliz.

Obrigada Xelly e Taceano, por segurarem minhas pontas tão bem quanto seguraram, obrigado Thi por ter acreditado em mim e por ter me estendido a mão pra eu sair desse torpor. Eu amo muito vocês.

Anúncios

Esse blog foi inspirado em um outro, chamado Trecho do Dia que é da Bia Porfírio, uma amiga virtual minha. Eu, como bailarina (apesar de estar sem dançar há 3 anos, sei que a dança está marcada na minha alma, e por isso, apesar da atual forma arredondada, me considero sempre bailarina), tenho a música intimamente presente em minha vida. Sempre tenho uma música pra me lembrar aquele momento específico, desde pequena sempre ouvi muita coisa (pois meu pai tem a mesma paixão que eu). Meu nome foi tirado de uma música, quando minha mãe estava grávida meu pai colocava músicas pra eu escutar, sempre me ninou ao som de muita MPB e assim fui levando a vida, certa de que só não virei cantora, porque Deus, definitivamente não me deu esse dom…

Portanto, minha idéia é postar sempre aqui uma música (ou trecho) que tenha a ver com aquele meu momento e dar uma explicação básica (ou não!), praticamente twittada do porquê daquela música estar aqui naquele momento. Hoje, obviamente o trecho inaugural é justamente o que dá nome ao blog:

Nós somos medo e desejo,
Somos feitos de silêncio e som,
Tem certas coisas que eu não sei dizer…

Certas Coisas (Lulu Santos e Nelson Motta) – Lulu Santos

Essa música é toda linda, e esse trecho acho muito emblemático, porque pra mim é um pouco do porque o ser humano desde sempre ter produzido sons musicais, o homem precisa da música pra alcançar algo que apenas com as palavras ele não é capaz de expressar. Além do que, esse também é o nome do grupo vocal de uma amiga especialíssima minha, a Xelly, minha flor do juazeiro – que chegou até a minha vida através da música (mas essa já é uma história para um outro post!).

Espero que curtam a proposta e se divirtam com os meus pitacos e devaneios musicais.

Instagram

Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊 Cajuína - Caetano Veloso (mas eu gosto bem mais na voz da Gal Costa) - é uma música linda, lindíssima, curtinha e maravilhosa, que sempre, sempre, sempre me arranca lágrimas. Caetano a compôs em homenagem ao amigo Torquato Neto, que foi junto com ele um dos fundadores do Tropicalismo, e que se suicidou no começo da década de 70.  #MPB #tropicalismo #caetanoveloso #galcosta #torquatoneto Ê, povo, ê - Gilberto Gil #MPB #GilbertoGil - música que tá tocando em looping na minha semana desde domingo. Código de acesso (Itamar Assunção) - Zélia Duncan #MPB #zéliaduncan #itamarassunção Eu nunca te amei idiota (Alvin L.) - Ana Carolina #MPB #rocknacional #anacarolina Sobre o tempo (John) - Pato Fu #patofu #rocknacional #fernandatakai Dê um rolê (Moraes Moreira) - Novos Baianos #NovosBaianos #MPB Caçamba (Éfson e Odibar) - Molejo #samba #pagode #molejo Viva (Kledir Ramil) – Kleiton e Kledir #MPB #kleitonekledir
Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira) - Luciana Mello #mpb #lucianamello #jairoliveira

Isso é um mantra diário, sempre que algo vem pra azucrinar e tirar a minha paz. 😊